Responsabilidade Social

A Responsabilidade Social e Ambiental é um conceito segundo o qual, cidadãos e empresas decidem, voluntariamente, contribuir por uma sociedade mais justa e para um ambiente mais limpo. A sustentabilidade é um compromisso que serve de instrumento para a existência de um bom relacionamento com o público com o qual se relaciona. Uma das missões do Jockey Club Brasileiro é trabalhar para ajudar a sociedade a ser melhor. Para isso, o clube investe em ações sócio-ambientais de diferentes maneiras, seja mantendo as escolas primária e de aprendizes, seja cedendo seus espaços para eventos beneficentes.

 

Ações em prol do meio ambiente

Lixo hospitalar e deságue do banho dos animais

 

Visando amenizar impactos no meio ambiente, o Jockey Club mantém alguns procedimentos pouco conhecido pela comunidade turfística: a utilizaçãodas águas captadas do Rio dos Macacos para o banho dos cavalos e rega da pista.

Outro projeto adotado pelo Jockey, cumprindo as exigências do INEA, foi à reestruturação do deságue do banho dos animais. Foram instaladas duas novas duchas, nas Vilas Hípicas e Lagoa, e mantidas as da piscina e paddock, cujo redirecionamento da água servida é desviada para a rede de esgotos e não mais para rede fluvial.

Outra forma de também contribuir com o meio ambiente é a retirada de o lixo hospitalar exercida por uma empresa terceirizada.

  

  

Projeto Equitar

Há mais de 16 anos o JCB apóia o Projeto Equitar - Centro Brasileiro de Estudo, Desenvolvimento e Pesquisa da Equoterapia, através da cessão do espaço e permissão do funcionamento dessa terapia na Escola de Profissionais do Turfe (EPT). Por meio da parceria, a prática da Hipoterapia atende crianças, adolescentes e adultos portadores de deficiência e/ou necessidades especiais. Esta terapia associa a utilização de movimentos repetitivos, vibratórios e tridimensionais dos cavalos com outros estímulos físicos e neurológicos, visando melhorar o desenvolvimento motor e sensorial dos pacientes.

Reconhecida como centro referência, o Projeto Equitar recebeu da Câmara Municipal do Rio de Janeiro a Moção de Louvor, Gratidão e Aplauso pelos relevantes serviços prestados à causa das pessoas com deficiência e a Comenda de Ordem Mérito do Empreendedor Oswaldo Cruz (saúde), entregue à Dra Beatriz Berro Marins através do Instituto Brasileiro de Medicina de Reabilitação, Centro de Estudos Estratégicos do UNI IBMR e Academia Nacional de Honrarias e Méritos.

 

 

Escola Primária do Jockey Club Brasileiro

“Para aprender é preciso estar feliz”. Este é o lema da Escola Jockey Clube Brasileiro.

Contribuição ao fortalecimento da escola pública, ampliação de oportunidades e o bem estar de seus funcionários são os objetivos do Jockey Club Brasileiro com sua escola primária, a EJCB. A escola é voltada para a educação primária de filhos dos funcionários do clube. Fundada em 27 de setembro de 1946, a EJCB mantém no ano letivo de 2010 tem cerca de 500 alunos matriculados da primeira à nona série, entre filhos de funcionários e crianças das comunidades que cercam o clube, principalmente Rocinha e Parque da Cidade. 44 funcionários, sendo 24 professores são responsáveis pela boa condução da escola, que tem um custo aproximado de R$ 1,4 milhão ao ano.

 

 

 

Escola de Aprendizes

A Escola de Profissionais do Turfe (EPT) prepara meninos e meninas para serem jóqueis. Além de todo um respaldo técnico para aprimorar a profissão, são oferecidos alojamento, uniforme, refeição, avaliação médica e odontológica periódica,INSS, acompanhamento físico e apoio financeiro. Os aprendizes têm uma caderneta de poupança onde são depositados um percentual dos prêmios e que eles só têm acesso no final do curso.Da EPT, saíram nos últimos anos alguns dos principais jóqueis do país no momento: Antônio Correia da Silva, Josiane Gulart, Henderson Fernandes e Vagner Borges.

 

 

 

Criança Esperança

O Criança Esperança é a maior campanha de promoção dos direitos da infância e adolescência do país e em 2010 completou 25 anos. A diretoria do Jockey Club Brasileiro entende a importância de estar presente ativamente nesta campanha, e para este fim, fez uma parceria onde conta com a solidariedade dos sócios para angariar fundos para essa doação.

Nos últimos quatro anos, os sócios do JCB se tornaram parceiros do projeto. A quantia arrecadada nas campanhas de doação através do boleto bancário é encaminhada ao Projeto do Criança Esperança no morro do Cantagalo. Hoje o clube mantém ainda uma parceria com o projeto para contratação de mão de obra. Em média, são arrecadados R$ 70.000,00.

  

Roça in Rio

A mais badalada e beneficente festa junina do Rio de Janeiro nos últimos cinco anos é fruto de uma parceria social do Jockey Club Brasileiro com o Banco da Providência. Barracas, bandeirolas e a animação ocupam o Hipódromo da Gávea, local que já se tornou uma tradição e se consagrou como o maior evento junino da zona Sul da cidade. O JCB cede, sem ônus, o espaço das Tribunas B e C do hipódromo para a realização da festa, chamada ”Roça in Rio”, que reúne um time de quase 700 pessoas – boa parte delas trabalhando como voluntários, além de artistas e celebridades, que generosamente cedem seu tempo para ajudar em uma das mais importantes obras sociais da cidade. Toda a verba obtida com a realização do Arraial da Providência é direcionada para os projetos sociais do Banco da Providência.   

 

Bazar Renascer

O Bazar da Associação Saúde Criança, antigo Renascer, tornou-se um dos melhores do Rio e completa mais de 10 edições. Acontece no salão do restaurante do segundo andar da Tribuna Social e tem uma média de público de mais de 900 pessoas nos dias de evento. A receita do bazar é revertida para a compra de remédios para crianças e adolescentes carentes que recebem alta do Hospital da Lagoa. A idealização deste projeto partiu da Dra. Vera Cordeiro, médica do setor de pediatria do Hospital da Lagoa, no ano de 1991. Sob o constante ciclo internação-reinternação-morte, as crianças atendidas, ao receberem alta, não possuíam estrutura básica para dar continuidade ao tratamento em casa. O objetivo principal do Bazar da Associação Saúde Criança é reestruturar as famílias dessas crianças e promover o desenvolvimento das mesmas, formando cidadãos e oferecendo condições para auto-sustentação do núcleo familiar.

 

Clara Magalhães

 

Angariar recursos promovendo chás, bingos ou jantares de gala e pedir doações em vez de presentes nas festas de aniversário; exemplos de iniciativas filantrópicas que tem como atuante a socialite Clara Magalhães. O que pode parecer um mero passatempo, na verdade é uma substancial indústria de solidariedade. No último ano, as ações de caridade do Rio arrecadaram mais de R$ 800 mil. O dinheiro vai para creches, igrejas e asilos, em geral instituições com que elas se relacionam pessoalmente.

O Bazar de Clara Magalhães vende artigos para casa e também funciona no salão do restaurante do segundo andar da Tribuna Social. A Caixa Beneficente dos Profissionais do Turfe já recebeu 300 cestas básicas doadas pelo Bazar Clara Magalhães que foram distribuídas no natal para os funcionários do clube.

 

Provita

No salão de apostas da Tribuna Social do Hipódromo, a Associação Pró-Vita de Transplante de Medula reúne a cada ano um grupo de famosos para desfilar, com o objetivo de angariar fundos. Luiza Brunet, Luisa Mell, Rocco Pitanga, Rony Marruda e Aline Borges já se juntaram para desfilar pela marca, que traz criações da estilista Isabela Capeto, unindo graça e beleza na passarela.